Manual das crianças Huni Kui

Eliana Yunes

BORDAS, Marie Ange. Manual das crianças Huni Kui. São Paulo: Livro da Matriz, 2015.

Da Aldeia de São Vicente, na terra Kaxinauá, em Tarauacá, na fronteira do Brasil com o Peru, Estado do Acre, vem uma boa notícia: as crianças indígenas Huni Kui têm o que mostrar e ensinar de sua cultura, através de um projeto multimídia, realizado pelo Tecendo Saberes (patrocínio Petrobras) e pelo Instituto Capitu (patrocínio da Embaixada da Noruega), que buscam incentivar seu protagonismo na expressão de seus conhecimentos, práticas e visões do mundo. Das oficinas, conta a apresentação, nascem fotos, filmes, histórias e brincadeiras recolhidas como uma partilha neste livro.

O material gráfico e os textos bilíngue, para leitura de leitores brancos e dos indígenas que o compuseram, são de grande beleza e de muito conhecimento cultural, apresentando de forma lúdica e documental a história e a geografia de sua nação. Com fotos e imagens que ilustram os quase-verbetes, as artes, os direitos, a habitação, a extração da seringa, o ontem e o hoje da comunidade, as narrativas curtas vão cativando o leitor a adentrar com eles na defesa do meio ambiente, da preservação de seus costumes, de respeito à floresta e o que nela ainda está sem intervenção branca.

O mais precioso do livro começa quando o universo da criança se investe da responsabilidade feliz de mostrar o mundo da aldeia onde crescem com descobertas da fauna e flora, das folhas medicinais, dos alimentos, das festas, dos mitos e das origens! O vocabulário vai sendo iniciado e um glossário de apoio a cada unidade temática vem em socorro do leitor, apesar da linguagem leve e singela com que a informação e a ficção aparecem. A vida na aldeia é a verdadeira escola, onde aprender e viver, muitas vezes, é surpreender-se com curiosidades na relação homem e natureza. A proximidade com os animais e suas cores inspiram a pintura corporal cuja tintura lavável é preparada por jovens com o fruto do jenipapeiro.

Enfim, o deleite para os olhos com ilustrações na pena e traço dos nativos, alegra as cores que povoam suas vidas e costumes. Um CD encartado dá a ouvir o que se leu como sendo literatura infantil indígena e, no entanto, corresponde ao que o título traduz melhor: um manual das práticas de cultura com que as crianças kaxinauás são iniciadas no seu mundo.

Tecendo Saberes traz em sua coleção as experiências de outras crianças de nacionalidades indígenas diferentes, valorizando a troca das diversidades culturais.

Como nasceu o Manual das crianças Huni Kuin

Emotional support animal dog tags are also provided by many websites, but ID tags aren’t required by law. In that situation, the individual must use voice, signal, or other effective means to keep charge of the animal. It’s very easy to fly with an emotional support animal, so long as you emotional support animal letter renewal abide by a few strict guidelines. You will want the letter stating you have a disability, but you do not have to disclose what your disability is.

Entre em contato!

Tem algumas dúvida? Gostaria de entrar em contato conosco? Deixe aqui sua mensagem!

Enviando

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio

Rua Marquês de São Vicente, 225, Gávea - Rio de Janeiro, RJ - Brasil

Cep: 22451-900 - Cx. Postal: 38097 | Telefone: (55 21) 3527-1001

PUC-RIO © 1992 - 2018. Todos os direitos reservados

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?